A telemedicina cardiológica é uma modalidade de atendimento médico que consiste no acesso a diversos serviços de saúde a distância por meio de plataformas digitais. Dentre os serviços que podem ser destacados, há o teleatendimento, a teleconsulta, o telelaudo e o telemonitoramento.

A possibilidade de usufruir de tudo isso a distância proporciona diversas vantagens aos pacientes, principalmente àqueles que buscam mais agilidade, economia e acessibilidade.

Confira o artigo e conheça as principais vantagens da telemedicina cardiológica.

Confira mais: Telemedicina cardiológica: quando marcar uma consulta online com cardiologista?

As principais vantagens da telemedicina cardiológica

Agilidade 

Por meio de plataformas que viabilizam a telemedicina, é possível realizar o agendamento das consultas sem a necessidade de ligar ou ir até o consultório para marcar um horário de atendimento, o que pode tornar esse processo demorado. 

Desse modo, o próprio paciente ganha autonomia para realizar o agendamento quando puder, de qualquer lugar em que estiver e com apenas alguns cliques. Além disso, como não é necessário se deslocar para acessar diversos serviços de saúde, há mais otimização do tempo, o que é ideal para quem possui uma rotina agitada e precisa se consultar regularmente com o cardiologista.

Economia

Como não há gastos com telefone para agendar a consulta e gastos com transporte para realizar o deslocamento até o consultório, torna-se mais barato realizar um teleatendimento com cardiologista.

Nesse sentido, a telemedicina cardiológica é uma excelente alternativa principalmente para quem mora em cidades com pouca ou nenhuma oferta de cardiologistas e laboratórios especializados na realização de exames do coração, situação que pode levar o paciente a ter que se deslocar a um município vizinho para conseguir acessar determinados serviços de saúde.

Isso pode acarretar altos custos, tendo em vista que é necessário se deslocar para se consultar, realizar os exames, buscá-los e se reconsultar para apresentar os resultados ao cardiologista.

Ao contar com a telemedicina cardiológica, é possível realizar a consulta e a reconsulta a distância, bem como receber solicitações de exames, atestados, receitas médicas e laudos laboratoriais via plataforma digital.

Acessibilidade

A telemedicina cardiológica possibilita que quem mora em regiões de escassez de recursos médicos possa cuidar da saúde de seu coração com a mesma facilidade de alguém que mora em um grande centro urbano.

Segurança no armazenamento de exames e prontuários

Como os exames e o prontuário médico ficam registrados em uma plataforma digital, é mais fácil armazená-los com segurança, uma vez que não há como perdê-los ou danificá-los. Além disso, torna-se muito mais fácil para o médico ter acesso ao seu histórico, tanto em teleconsultas quanto em consultas presenciais.

Por exemplo: imagine que você se consulte com o cardiologista e ele peça um exame para verificar a presença de diabetes – doença que aumenta o risco de infarto e AVC –, a fim de concluir o diagnóstico, e você recorde que realizou há pouco tempo um check-up geral de exames com o clínico, dentre eles, o exame de glicemia, mas não o trouxe, pois não sabia que ele o solicitaria.

Se você dispor do laudo do exame em uma plataforma virtual, é possível mostrá-lo já na primeira consulta.

Mais conforto

Por fim, vale destacar que a telemedicina cardiológica proporciona mais conforto aos pacientes, principalmente àqueles que precisam de um monitoramento constante ou que já são muito idosos ou apresentam alguma deficiência, o que dificulta o deslocamento até um consultório.

Ter mais conforto durante o monitoramento cardiológico é possível, pois, atualmente, em determinados casos, há a possibilidade do paciente permanecer em sua casa e ser monitorado à distância por meio de dispositivos eletrônicos que compartilham seus dados diretamente com o médico.

Conheça o blog do Clude!

E então, o que achou deste artigo sobre telemedicina cardiológica? Deixe nos comentários e, caso tenha gostado, confira os demais posts sobre o assunto no blog do Clude!

Confira também: Entenda o papel da telemedicina cardiológica para o diagnóstico e tratamento do paciente