Quantas embalagens de alimentos não-saudáveis você abriu só nesta semana?

Segundo um estudo do Datafolha de 2020, o brasileiro está consumindo mais alimentos ultraprocessados. Ainda em junho, o índice teve um aumento de 16% em comparação com outubro do ano anterior. A pesquisa revelou também que os produtos mais consumidos são os salgadinhos e biscoitos salgados, seguidos pelos molhos industrializados, como ketchup. 

Devido ao fácil acesso, os produtos ultraprocessados tornaram-se parte do nosso dia a dia. Dados divulgados também em 2020 pela Efectividad Clinica y Sanitária (IECS) da Argentina, mostram que o brasileiro consome, em média, 61 litros de bebidas açucaradas por ano, com destaque especial para o refrigerante. Porém, o que o consumo excessivo desses alimentos pode trazer para nossa saúde?

Os produtos ultraprocessados são originalmente gordurosos, açucarados e com diversos aditivos como os corantes. Além disso, possuem um alto valor calórico, baixa qualidade nutricional, falta de fibras alimentares, proteínas e outros e micronutrientes importantes para que o alimento seja considerado saudável. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), esse tipo de alimento é uma das principais causas para o desenvolvimento de doenças crônicas como a obesidade

Em um recente episódio, o jogador de futebol Cristiano Ronaldo fez um gesto que dividiu opiniões, mas que emitiu um alerta para o consumo excessivo de bebidas açucaradas, em especial o refrigerante. 

Durante uma coletiva de imprensa, o jogador afastou as garrafas de refrigerante que estavam à sua frente, deixando apenas as garrafinhas de água disponíveis na bancada. Por consequência, a empresa Coca-Cola teve um prejuízo de cerca de R$ 20 bilhões no valor de suas ações

Sendo atleta ou não, o consumo de água é essencial para a saúde. Mais de 70% do corpo humano é composto por água, o que a torna fundamental para o bom funcionamento do organismo. A OMS recomenda a ingestão mínima de 2 litros por dia, e essa quantidade pode ser distribuída em chás ou por meio de alimentos ricos em água, como as frutas. 

Devido à falta de água, a pessoa acaba sofrendo diversas consequências como fadiga, ressecamento da pele, cãibras, dores de cabeça e também pode prejudicar o funcionamento de órgãos, como os rins

Benefícios do consumo adequado de água:

  • Melhora a circulação sanguínea;
  • Ajuda na sensação de saciedade;
  • Regula a temperatura corporal;
  • Ajuda na eliminação de toxinas do corpo;
  • Previne o aparecimento de doenças;
  • Mantém a pele saudável.

Viu só? O consumo de água e a diminuição do consumo de produtos ultraprocessados irão ajudar muito na sua saúde. Por isso, mantenha sempre uma garrafinha de água ao seu lado e desembale menos alimentos não-saudáveis! 💦