Qual foi a última vez que você foi ao ginecologista? Se essa pergunta foi difícil de responder, não se preocupe, você não está sozinha. 

Segundo pesquisa promovida pela Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia (Febrasgo) e pelo Datafolha, 4 milhões de mulheres no Brasil nunca tiveram acesso a uma consulta com um ginecologista. Outras 16,2 milhões não prestam uma visita ao consultório médico há mais de um ano. 

Seja por não contar com um plano de saúde ou, até mesmo, por medo dos procedimentos, a verdade é que a saúde ginecológica da brasileira deixa muito a desejar. 

Nesse artigo, falaremos sobre um dos mais importantes exames da área – o papanicolau –, a fim de tirar dúvidas sobre como ele funciona e para que serve, além de dar dicas sobre onde encontrá-lo pelo menor preço. 

O que é papanicolau? 

Esse é um exame muito rápido, simples e indolor, realizado por profissionais da área da ginecologia. Seu principal objetivo é colher células do colo do útero com o objetivo de identificar anomalias causadas pelo Papilomavírus Humano (HPV), assim como outras doenças sexualmente transmissíveis – como a clamídia, a gonorreia e a sífilis. Esse procedimento também é útil para a detecção de infecções, como a vaginose bacteriana, a tricomoníase e a candidíase. 

Tal exame tem esse nome graças ao médico grego especialista na detecção de doenças oncológicas, Georges Papanicolaou, em 1940. 

É importante frisar que o HPV é a causa número um em casos de câncer no colo do útero, causando alterações no tecido do órgão. O papanicolau, portanto, é uma importante ferramenta de prevenção contra esse mal. 

Como o exame é realizado? 

No que diz respeito ao processo de coleta do material, não há o que temer, pois ele é bastante rápido e simples. 

Em posição ginecológica, com as pernas elevadas e afastadas, o ginecologista utiliza uma ferramenta chamada espéculo – ou, como é popularmente conhecida, bico de papagaio – para facilitar o caminho da coleta de material. 

Então, com o auxílio de uma pequena espátula e escova com cerdas, a coleta é realizada. Algumas mulheres podem sentir algum desconforto ou pressão uterina nesse momento, mas nada dolorido ou extremamente incômodo.

O material é, então, colocado em uma lâmina e enviado para análise em um laboratório. 

Qual o período ideal para a realização do papanicolau? 

O período ideal para a coleta do material é entre o décimo e o vigésimo dia após o início da menstruação. Mulheres com vida sexual ativa, preferencialmente dos 25 aos 65 anos de idade, precisam realizar o exame com regularidade. 

No entanto, mulheres virgens, acima dos 21, também podem realizá-lo como forma de verificar se existem alterações na parede uterina. 

Recomendações do Ministério da Saúde apontam que o exame deve ser realizado por dois anos seguidos e, caso nenhum dos resultados apresente alterações, o intervalo pode passar a ser de três anos. Porém, para aquelas que já apresentaram alterações, a periodicidade ideal é todo ano. 

Onde encontrar papanicolau barato?

Agora que você sabe da importância de realizar esse exame regularmente, também é importante saber onde encontrar um papanicolau barato, principalmente se você não conta com a cobertura de planos de saúde. 

Assim, se deseja saber como conseguir descontos em procedimentos médicos, nós temos a resposta: o Clude! Essa é uma plataforma de saúde focada em oferecer mais opções quanto à prevenção de diversas doenças – incluindo o câncer de colo do útero – por meio da tecnologia da telemedicina. 

Em nossa plataforma, assinantes têm acesso a orientações médicas contínuas, além da possibilidade de marcar consultas a preços populares e exames com até 80% de desconto. Saiba que, com o Clude, existem alternativas para fazer um exame sem depender da fila de espera do SUS. Comece a cuidar da sua saúde ginecológica hoje! Acesse o site do Clude e descubra nossas soluções para você e toda sua família.