O corpo é uma máquina complexa e, por isso, o trabalho de médicos especializados é essencial para a manutenção da saúde e do bem-estar dos pacientes. No entanto, existe uma especialidade mais abrangente, que procura entender o corpo como o organismo integral que é: o clínico geral. 

Muitos ainda pensam que, por não terem um campo específico definido, clínicos gerais são profissionais sem especialização – mas isso não poderia estar mais longe da verdade. 

Por ter uma visão mais centralizadora de todas as estruturas do corpo, o médico da clínica geral é um valioso aliado no momento de diagnosticar doenças e tratá-las. 

A seguir, veja alguns mitos e verdades sobre a especialização em clínica geral, qual é o papel que esse profissional desempenha no cuidado médico preventivo e outras particularidades tão importantes. 

Qual é a função de um clínico geral? 

Um clínico geral é um profissional apto a agir nos procedimentos médicos que não envolvem cirurgias ou especialidades obstétricas e ginecológicas. 

Frequentemente, ele é o médico escolhido para acompanhar uma família inteira, simbolizando o elo de confiança entre os pacientes e a prática médica. Por vezes, esse acompanhamento pode permanecer por gerações. 

Clínicos gerais são responsáveis pelo acompanhamento de pacientes em clínicas, hospitais, unidades de pronto atendimento e, até mesmo, no cuidado domiciliar. Um profissional da área pode pedir exames, interpretá-los e ajudar pacientes a entender melhor seus quadros de saúde. 

Quando procurar um clínico geral? 

A avaliação médica é superimportante para evitar a automedicação e o autodiagnóstico – que é, na maioria das vezes, errôneo. Um médico da especialidade clínica é, portanto, o primeiro elo de pacientes no início de seu tratamento e pode continuar sendo seu principal médico até que ele esteja concluído. 

Pacientes que precisam da orientação e tratamento para casos como diabetes, anemias, alergias e dermatites podem procurar um clínico geral. Além disso, esse profissional pode prescrever e aplicar vacinas, assim como acompanhar casos de hipertensão e enxaquecas.

É possível que você já tenha se perguntado quando é necessário marcar uma consulta com um clínico geral, não é mesmo? Um paciente não precisa esperar os sintomas aparecerem para procurar a orientação médica. Clínicos gerais também podem realizar exames de rotina, avaliar o estado geral do corpo antes de cirurgias e, sobretudo, trabalhar no aspecto preventivo da saúde. 

Dá para ter consultas com o clínico geral mesmo sem um plano de saúde?

Ter consultas regulares com um clínico geral é essencial não apenas para acompanhar quadros de saúde, mas também para prevenir que eles se desenvolvam no futuro. 

O Clude pode ser a alternativa para quem não tem plano de saúde, afinal, oferece consultas presenciais com clínico geral barato e teleconsultas a partir de R$ 35. Além disso, assinantes da plataforma também têm acesso a exames a preços reduzidos e descontos em mais de 26 mil farmácias de todo o Brasil. 

Entre em nosso site e descubra como cuidar da sua saúde pode ser simples e barato com o Clude.