O eletrocardiograma é um exame extremamente popular na medicina contemporânea. Se você ainda não fez um, é apenas uma questão de tempo até que precise.

Apesar de simples, esse exame, que também é conhecido como ECG, é absolutamente importante para avaliação da saúde cardiovascular do paciente. Saber como o procedimento é feito e quais os reais impactos dele na melhora da qualidade de vida é um passo muito importante na busca por mais saúde.

Este artigo vai abordar exatamente esses tópicos e ainda dar dicas sobre como realizar um ECG com preços reduzidos, principalmente para aqueles que não têm um plano de saúde e não querem depender da fila de espera do SUS. 

O que é um eletrocardiograma? 

O ECG é um exame que mostra a atividade elétrica do miocárdio, o nosso coração. Trata-se de um exame bastante simples e nada invasivo. Normalmente, também é o primeiro procedimento realizado em pacientes com suspeita de infarto, ainda na emergência.

Além disso, ele também é muito usado para realização de check-ups e exames de rotina a fim de prevenir e controlar o avanço de doenças cardiovasculares. O ECG pode ser realizado em conjunto com exames de ergometria, principalmente em pacientes que têm histórico de doenças do coração na família.

Leia também: Conheça as alternativas para fazer um exame sem depender da fila de espera do SUS

Por que ele é um exame necessário? 

O ECG é capaz de avaliar o ritmo e a frequência cardíaca das pessoas, tanto em repouso quanto durante a prática de exercícios físicos de diferentes intensidades. O eletrocardiograma é extremamente eficiente em ajudar no diagnóstico de doenças que não apresentam sintomas graves.

Entenda melhor todos os casos nos quais o ECG é utilizado: 

  • Arritmia cardíaca;
  • Tonturas e desmaios sem causa aparente;
  • Dores no peito; 
  • Pressão alta e diabetes; 
  • Acompanhamento de fumantes;
  • Diagnóstico de acompanhamento de pacientes que infartaram.

Como é realizado um eletrocardiograma? 

A realização de um eletrocardiograma não requer nenhum tipo de preparação prévia, nem apresenta contraindicações. O paciente pode retomar suas atividades logo após o procedimento, sem nenhum tipo de restrição. 

O aparelho que faz o exame é o eletrocardiógrafo digital, que é ligado a um computador. Os eletrodos são conectados à região do peito, punhos e tornozelos do paciente. A medição, usualmente, é bastante rápida, durando cerca de cinco minutos. Para que os resultados sejam melhores, é utilizado um gel condutor nas regiões de conexão. 

Existem três principais tipos de exame: o ECG padrão, quando o exame é realizado em repouso; o ECG de esforço, quando o paciente é monitorado durante uma atividade física, normalmente em esteira ou bicicleta; e o Holter, quando o paciente é monitorado em um período de 24h. 

Onde realizar um eletrocardiograma barato? 

Assinantes do Clude, plataforma tecnológica de prevenção e saúde, têm acesso a exames a preços populares, sendo uma excelente alternativa para quem não tem plano de saúde.

Se você procura um eletrocardiograma barato, saiba que, em nossa plataforma, você poderá realizar o exame por apenas R$ 18,00. Faça parte do Clude e, com apenas uma assinatura, garanta o acesso de toda sua família a consultas médicas sempre que precisar, além de descontos em mais de 26.000 farmácias e estabelecimentos comerciais.