Todo empreendedor e gestor sabe o quão importante é manter o equilíbrio financeiro da empresa para que ela se mantenha competitiva no mercado. Sendo assim, o monitoramento e avaliação dos custos do empreendimento são de suma importância.

Um desses custos é com o plano de saúde dos colaboradores. Além deles frequentemente apresentarem um alto investimento, por vezes, o valor é acrescido por conta do mau uso por parte dos colaboradores, o que leva ao aumento da sinistralidade do benefício.

Desse modo, torna-se cada vez mais difícil oferecer o plano de saúde para os funcionários sem comprometer a saúde financeira do negócio. Nesse sentido, é necessário reavaliar o benefício e encontrar maneiras de conscientizar os colaboradores sobre o seu uso ou pensar em alternativas para quem não tem plano de saúde. 

Assim sendo, conheça algumas alternativas para diminuir os custos com o plano de saúde. Boa leitura!

Leia também: Qual a melhor alternativa para quem não tem plano de saúde?

Alternativas para diminuir custos com o plano de saúde

O equilíbrio financeiro é primordial para a manutenção dos negócios. Dessa forma, é necessário avaliar custos que podem ser diminuídos a partir da adoção de algumas medidas. Como destacamos, uma das razões para o plano de saúde se tornar muito caro é o aumento da sinistralidade do benefício. Isso pode ocorrer por conta do uso inapropriado por parte do colaborador.

Por vezes, o indivíduo pensa que possui uma determinada doença sem nem mesmo ter consultado um clínico geral. Desse modo, ele acaba marcando uma consulta diretamente com o especialista que acredita ser capaz de fornecer o diagnóstico preciso e o tratamento necessário. Entretanto, acaba sendo avisado de que deve consultar previamente o clínico geral para que seja encaminhado para o especialista adequado. 

Assim, o custo em fazer uma outra consulta com um especialista acaba sendo maior do que se consultar inicialmente com o clínico e, posteriormente, com o especialista correto. Além disso, muitas vezes, as pessoas não apresentam sintomas graves e recorrem à consulta médica, gerando mais custos.

Por exemplo: uma gripe causada por vírus, e que não apresenta nenhuma inflamação, pode ser facilmente controlada com medicamentos em casa, sem a necessidade de ir ao médico. Caso passe uma semana e a febre permaneça, então, é necessário realizar uma consulta para a investigação do caso.

Outro ponto é que as pessoas, quando vão se consultar, por vezes, não levam o histórico de exames. Essa situação é ainda mais delicada quando a consulta é com um novo profissional, que precisa do registro para avaliar o quadro do paciente. Isso acaba ocasionando mais custos com exames. 

Mais uma questão importante: um indivíduo saudável não precisa realizar um check-up completo todo ano. No entanto, muitas vezes, esses exames são feitos sem necessidade, gerando novamente gastos desnecessários.

Como pôde perceber, o colaborador não realiza consultas e exames sem necessidade de forma consciente; ele não sabe como proceder e acaba atuando dessa maneira. Sendo assim, uma boa alternativa é realizar campanhas educativas na empresa sobre como o colaborador deve agir nos casos mencionados – e em outros – para cuidar bem da sua saúde sem usar o plano desnecessariamente.

Além disso, é interessante que a campanha educativa ressalte a importância do cuidado preventivo, de modo a evitar a descoberta de doenças em estágios mais avançados, que demandem afastamento e mais gastos com o plano.

Por fim, outra medida para diminuir os gastos com o plano de saúde é substituí-lo por um programa completo que priorize a prevenção, a qualidade e a economia, como o oferecido pelo Clude. Veja, a seguir, algumas de nossas vantagens.

Clude: a alternativa para quem não tem plano de saúde

O Clude oferece programas completos de saúde a partir de R$ 39,90 por mês, como orientação médica 24 horas via aplicativo, programa de nutrição e exercícios, consultas, exames, vacinas e cirurgias que cabem no bolso, rede de descontos em farmácias, lojas e restaurantes. Portanto, entre em contato e conheça uma excelente alternativa para quem não tem plano de saúde

Leia mais: Alternativa ao plano de saúde: o que é o Clude?