business, accounting and freelance concept - woman with calculator, papers and laptop computer eating cookie at office table
Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp

Alimentação no ambiente de trabalho

Hoje em dia o ambiente de trabalho é o local onde individuo passa a maior parte do dia, e consequentemente realiza a maior parte das refeições fora de casa.

Com o crescimento da urbanização e a industrialização que ocorreu na última década, houve um aumento de cargas no ambiente de trabalho e nos estudos.

A população teve mais acesso à profissionalização, lazer, viagens, dentre outros, e a gestão de tempo que era determinada à alimentação acabou sendo reduzida. Porém, quando se reduz o tempo, reduz-se também o planejamento.

Nessa eterna busca por ganho de tempo no dia a dia, essas refeições são determinadas no ato da alimentação sem um planejamento prévio, e as escolhas alimentares nesse momento são extremamente relevantes.

Intensificou-se o consumo de alimentos industrializados, pois são os alimentos encontrados com mais facilidade nas prateleiras e se tornaram mais práticos para ingerir.

Segundo uma pesquisa da POF (Pesquisa de Orçamento Familiar) divulgada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), o consumo de alimentos preparados aumentou de 1,7kg/pessoa por ano para 5,4kg/pessoa por ano.

O consumo de alimentos prontos cresceu, mas em contrapartida, os alimentos mais naturais e tradicionais diminuíram. Por exemplo: o arroz, feijão, vegetais e frutas.

Também houve um aumento no consumo de fast-food (comidas rápidas), que possuem um maior teor de açúcar, gordura, sódio, baixo valor nutricional e alto valor energético.

Os industrializados possuem as mesmas características e composição nutricional, entretanto, a ingestão desses alimentos a longo prazo, pode oferecer riscos à saúde por estar fortemente associado ao sobrepeso, obesidade e até mesmo ao desenvolvimento de doenças crônicas.

Com isso surgiram novos desafios relacionados à alimentação, muitos questionamentos no momento da escolha, se é saudável ou não, dúvidas referente às quantidades, aspectos, frequência, valor nutricional, dentre outras dificuldades.

Mas afinal, como podemos melhorar a alimentação dentro do ambiente de trabalho?

O primeiro passo é ter um planejamento alimentar, lembrando que esse planejamento deve ser feito de acordo com a rotina atual, a partir daí será possível organizar as refeições, desde o início até o final do dia.

Estabelecer horários é importante para conseguir determinar as refeições, afinal, ficar longos períodos sem se alimentar pode acarretar prejuízos, como o aumento do apetite e esse aumento de apetite pode levar aos excessos alimentares.

Determinar as refeições também é essencial para evitar “pular refeições”, esse ato a longo prazo pode causar o déficit de nutrientes. A falta de nutrientes, por consequência, pode acarretar cansaço, indisposição, falta de memória, dificuldade de concentração, dentre outros problemas.

No almoço, caso opte por levar a refeição, será necessário dedicar um tempo da semana para o preparo, mas caso opte por realizar a refeição em restaurante, procure por self-service e prefira sempre “comida de verdade”, arroz, feijão, carnes magras e vegetais.

No período da tarde, é importante encaixar um lanche intermediário que seja saudável, leve e prático, evitando o consumo excessivo de alimentos ricos em açúcar e farinha branca, como os biscoitos recheados, sorvetes, doces, refrigerantes e bolos.

Na parte da tarde, frutas frescas ou secas, castanhas e lanche naturais, são alimentos que se encaixam muito bem.

Manter uma boa hidratação mesmo no ambiente de trabalho é extremamente importante. Portanto, é essencial consumir ao menos 2 litros de água por dia.

No Clude Saúde, você tem acesso ao Nutrifit para Empresas, um programa que promove a mudança de hábitos alimentares no ambiente de trabalho.

Essa estratégia consiste em um conjunto de metas que são aplicadas semanalmente com a duração de 2 meses, cada semana uma meta diferenciada é aplicada, além de você ser assistido por profissionais capacitados na saúde do trabalho.

Mirelle Marques

Mirelle Marques

Mirelle é Nutricionista formada em 2018, especialista em Nutrição Clínica e Esportiva. Atua com atendimento nutricional focado em emagrecimento, qualidade de vida e melhora da performance esportiva. É apaixonada pela área da saúde, esportes e alimentação.
Clude ©  2022. Todos os direitos reservados.