Comumente, relacionamos a radiologia ao profissional de nível técnico habilitado para operar equipamentos de raio-x, no entanto a radiologia trata-se de uma especialidade médica e não se refere exclusivamente a exames obtidos por meio de radiação, mas sim a uma variedade de exames de imagem que utilizam outras tecnologias além do raio-x.

Deseja conhecer mais sobre essa especialidade médica e saber como realizar uma consulta com radiologista por um preço mais acessível? Então, confira o artigo até o final!

O que é radiologia médica?

A radiologia é uma especialidade médica que, originalmente, visava diagnosticar e monitorar doenças por meio de equipamentos que emitem radiação para formar imagens dos ossos, órgãos ou estruturas.

Atualmente, denomina-se essa especialidade médica como  “radiologia e diagnóstico por imagem” ou “imaginologia”, tendo em vista que hoje em dia é possível obter imagens de estruturas internas do corpo humano por meio de novas tecnologias, tais como a tomografia computadorizada, a mamografia, a ultrassonografia e a ressonância magnética nuclear.

O profissional responsável por realizar os exames e interpretá-los é o médico radiologista, o qual é formado em medicina e especializado em radiologia. É possível, ainda, qualificar-se em uma subespecialidade e analisar imagens de uma parte específica do corpo, como, por exemplo, radiologia do sistema nervoso, da cabeça e pescoço, do tórax, do abdome, do coração, das mamas e músculo-esquelética.

Geralmente, os exames são realizados por técnicos ou tecnólogos em radiologia e interpretados pelo médico radiologista, apesar desse último também estar habilitado para operar os equipamentos de diagnóstico por imagem.

Qual a importância do médico radiologista?

O médico radiologista é o profissional habilitado para operar equipamentos de diagnóstico por imagem e interpretar os resultados dos exames por eles emitidos, a fim de auxiliar médicos de outras especialidades, tais como pediatria, patologia, cirurgia, clínica geral, ginecologia, neurologia, cardiologia, oncologia, traumatologia e ortopedia, por exemplo, a interpretarem corretamente os exames por imagem e indicarem o tratamento adequado para cada paciente.

Qual a diferença entre a radiologia intervencionista e o diagnóstico por imagem?

O médico radiologista pode atuar em duas áreas: a radiologia intervencionista e o diagnóstico por imagem. 

A primeira consiste em exames de caráter mais invasivo, como biópsia – exame realizado por meio da coleta de uma amostra de tecido corporal, a fim de que ele possa ser analisado em laboratório – e angiografia – exame efetuado por meio da incisão de um catéter para injetar contraste, a fim de destacar determinadas partes do corpo que se deseja observar, como tumores e vasos sanguíneos, por exemplo.

A segunda área de atuação refere-se àquela que estamos mais habituados e são menos invasivos, que são os exames por imagem, tais como raio-x, mamografia, ressonância magnética e ultrassonografia, por exemplo.

Quais são as áreas da radiologia?

  • Raio-x: exame realizado por meio da emissão de pequenas doses de radiação, a fim de tornar observável os ossos e órgãos internos.
  • Tomografia computadorizada: exame que torna visível tecidos moles do corpo, os quais não são captados a partir da radiografia, como o cérebro, por exemplo.
  • Mamografia: também conhecida por mastografia, a mamografia trata-se de um exame que utiliza uma fonte de raio-x para analisar especificamente o tecido mamário, a fim de detectar cistos, nódulos ou tumores.  
  • Densitometria óssea: exame que permite a visualização da massa óssea, comumente realizado para o diagnóstico de osteoporose.
  • Ressonância magnética: exame efetuado por meio da emissão de campos magnéticos e pulsos de radiofrequência, capazes de interagir com o corpo do paciente e fornecer imagens precisas, em alta definição e dispostas em três planos: horizontal, vertical e dividido em camadas. 
  • Medicina nuclear: especialidade médica que examina órgãos e tecidos por meio da emissão de radiação a partir de um radiofármaco que transporta a substância radioativa até o local que se deseja diagnosticar ou tratar, uma vez que possui afinidade química com determinado órgão ou tecido, como os exames de tomografia por emissão de pósitrons e a cintilografia.

Consulta radiologia: como o Clude pode ajudá-lo

Como você pôde perceber, o olhar de um especialista em radiologia é capaz de fornecer um diagnóstico preciso e, consequentemente, o tratamento mais adequado. Portanto, se você necessita realizar uma consulta com radiologista e exames por imagem por valores mais acessíveis, conte com o Clude!

Ao contratar o cartão de saúde 360°, você tem acesso a descontos em exames e consultas médicas, além de diversos outros benefícios.

Aprenda mais sobre como cuidar da sua saúde de forma acessível no nosso blog e contrate o cartão de saúde do Clude!.