Os raios X foram descobertos por acidente, em 1895, durante experimentos laboratoriais conduzidos pelo físico alemão Wilhelm Roentgen. Desde então, a técnica foi altamente aperfeiçoada e se tornou uma das mais poderosas ferramentas de diagnóstico de imagem, mesmo centenas de anos depois de sua descoberta.

O raio-x de tórax é um dos exames mais populares da medicina moderna, mas também um dos que mais causa dúvidas e nervosismo aos pacientes que precisam ser submetidos a ele.

Afinal, qual o propósito do raio-x torácico? Quais as doenças e condições que podem ser diagnosticadas por ele? Com qual frequência ele deve ser realizado? Esses são questionamentos muito comuns sobre o exame, que também é popularmente conhecido como radiografia, e todas elas serão respondidas ao longo deste texto.

O que um exame de raio-x torácico pode analisar?

Exames de raio-x são muito importantes para verificação de anomalias em tecidos ósseos, como fraturas, fissuras ou o desenvolvimento de tumores.

Uma radiografia do tórax, por sua vez, pode ajudar na análise de órgãos como o coração, pulmão e, no caso de alguns pacientes, as construções cartilaginosas presentes nessa área.

O exame é indicado mais frequentemente para pacientes que apresentam sintomas relacionados a complicações respiratórias como a tosse, dificuldade para inspirar e expirar e dores na área do tórax. O raio-x do tórax também é indicado para acompanhamento de traumas e procedimentos cirúrgicos.

Pacientes com doenças como a tuberculose, pneumonia e cânceres na região torácica também podem beneficiar-se de uma radiografia da região torácica.

Existem contraindicações para realização do exame?

Com o avanço tecnológico, máquinas de raio-x tornaram-se cada vez mais seguras e menos invasivas, principalmente em decorrência da natureza esporádica com a qual se realiza o exame. A única contra indicação expressa para realização de uma radiografia, seja ela torácica ou de qualquer outro tipo, é no caso de gestantes.

Existem, entretanto, cuidados que pacientes submetidos a esse tipo de exame devem tomar, mas a maioria deles diz respeito ao comprometimento das imagens produzidas. Por exemplo, não é indicado que, durante uma radiografia, o paciente utilize roupas ou acessórios de metal, plástico, vidro ou madeira, pois esses materiais podem impedir a passagem correta dos raios x emitidos pela máquina.

Tenha acesso a raio-x de tórax pelos melhores preços com o Clude

Assinantes da nossa plataforma têm acesso a exames dos mais variados tipos com até 80% de desconto. Isso inclui, claro, um raio-x de tórax a preço popular por apenas R$ 21,29. O Clude também oferece descontos em farmácias e estabelecimentos por todo o Brasil.

Além disso, o Clude permite a marcação de teleconsultas com o tempo de espera de até duas horas por preços bastante reduzidos e sem enormes filas de espera. Conheça as alternativas para fazer um exame sem depender da fila de espera do SUS acessando o site do Clude. Apenas uma assinatura garante a você e a toda a sua família o acesso a atendimento médico rápido e de qualidade.