O gastroenterologista é o médico responsável por orientar os pacientes a respeito dos cuidados necessários para prevenir o surgimento de doenças que afetem o sistema gastrointestinal, bem como diagnosticar e tratar esses problemas de saúde.

Vale destacar que o tratamento realizado pelo gastroenterologista consiste na prescrição de medicamentos e orientação sobre como o paciente deve se alimentar, podendo encaminhá-lo para um nutrólogo ou nutricionista em situações de maior complexidade.

Caso seja necessário realizar uma intervenção mais invasiva, como uma cirurgia, por exemplo, ele irá encaminhar o paciente para um médico cirurgião qualificado para executar esse tipo de procedimento.

O trato gastrointestinal é composto por uma série de órgãos, como boca, faringe, esôfago, estômago, intestino delgado e grosso, reto, ânus e glândulas acessórias, sendo elas as glândulas salivares, as glândulas gástricas, as glândulas intestinais, o pâncreas e o fígado.

Tais glândulas são responsáveis por produzir e liberar substâncias capazes de quebrar os nutrientes presentes nos alimentos em moléculas menores, de modo que eles sejam facilmente absorvidos pelo organismo.

Nutrientes, como os carboidratos, proteínas, lipídios, sais minerais e vitaminas, são fundamentais para o bom funcionamento do corpo humano. Nesse sentido, qualquer doença que comprometa os órgãos e glândulas que compõem o sistema gastrointestinal pode resultar em um novo problema de saúde.

Por exemplo, um paciente que desenvolve cirrose deve se tratar rapidamente, uma vez que essa doença leva à falência do fígado, glândula responsável por produzir a bile, substância que atua na digestão de gorduras.

Além disso, problemas que acometem o sistema gastrointestinal podem levar o paciente à morte, como, por exemplo, a úlcera gástrica – que, se não tratada ou tratada inadequadamente, pode perfurar a parede do estômago, causando hemorragia e, consequentemente, o óbito do paciente.

Por conta disso, é importante realizar consultas com gastroenterologista caso identifique algum sintoma relacionado às principais doenças tratadas por esse profissional. Confira quais são elas a seguir!

Quais são as principais doenças tratadas pelo gastroenterologista?

1. Refluxo gastroesofágico

O refluxo gastroesofágico se caracteriza pelo retorno do conteúdo estomacal em direção à boca devido ao mau funcionamento dos músculos e esfíncteres, os quais são responsáveis por manter os alimentos ingeridos e os ácidos gástricos no estômago.

Dentre os principais sintomas causados pelo refluxo gastroesofágico, podemos mencionar sensação de queimação, que pode se estender do estômago até a garganta; regurgitação dos alimentos ingeridos; tosse seca após efetuar as refeições; dificuldade para engolir e indigestão.

Não se sabe exatamente o que causa esse problema, mas já foram identificados alguns fatores de risco, como, por exemplo, esfíncter esofagiano inferior com baixa pressão, obesidade, idade igual ou superior a 50 anos, fumar ou beber excessivamente e estresse.

O tratamento consiste na mudança de estilo de vida e hábitos alimentares aliados à administração de medicamentos que neutralizam a acidez do suco gástrico ou diminuem sua quantidade. Apenas em casos graves é recomendada a cirurgia.

2. Gastrite e úlcera

A gastrite se caracteriza pela inflamação do revestimento interno do estômago, que pode ser causada por diversos fatores, como infecção pela bactéria Helicobacter pylori e parasitoses, ansiedade extrema, uso prolongado de determinados medicamentos, como anti-inflamatórios, e consumo excessivo de álcool e tabaco.

Caso o paciente não trate a gastrite ou a trate inadequadamente, ela pode evoluir para uma úlcera, que consiste em uma ferida de maior profundidade. Se não tratada a ferida, pode ocorrer a perfuração dos órgãos e, consequentemente, hemorragia, podendo levar o paciente a óbito.

Os principais sintomas da gastrite são dor ou queimação no estômago, náusea, perda de apetite e de peso. Quanto à úlcera, os sintomas mais comuns são inchaço no estômago, náusea, regurgitação, dor e sensação de queimação na garganta ou peito, fezes escuras ou avermelhadas e perda de peso.

O tratamento depende da origem do problema, mas na maioria dos casos requer mudança de hábitos alimentares e uso de antiácidos. Caso a origem do problema seja infecção pela bactéria Helicobacter pylori, além das medidas mencionadas anteriormente, é necessário incluir o uso de antibiótico para eliminar o micro-organismo.

Agora, se a causa for ansiedade excessiva, é recomendado procurar um psiquiatra ou psicólogo para tratá-la, bem como mudar hábitos alimentares e fazer uso de antiácidos para que a gastrite não evolua para uma úlcera até o fim do tratamento psiquiátrico.

Apenas em casos graves de úlcera gástrica é recomendada cirurgia.

3. Intolerância à lactose

A intolerância à lactose se caracteriza pelo desconforto gastrointestinal – apresentando sintomas como dor e inchaço abdominal, náusea, azia, gases e diarreia – após a ingestão de leite e seus derivados.

Esse problema é causado pela baixa produção de lactase, enzima responsável por digerir o açúcar presente no leite. Os fatores de risco que resultam nesse tipo de intolerância alimentar são o avanço da idade, infecção por rotavírus, predisposição genética, diabetes e doenças gastrointestinais.

Não há cura para a intolerância à lactose, pois é uma doença crônica que pode perdurar por um longo período ou por toda a vida do paciente. Sendo assim, o tratamento consiste na diminuição da ingestão de lácteos e administração de cápsulas contendo lactase, a fim de reduzir os sintomas indesejáveis.

Consulta gastroenterologista: como obter descontos?

Caso você sinta algum dos sintomas descritos previamente ou algum outro desconforto no sistema gastrointestinal, mas não tenha plano de saúde ou tempo disponível para buscar atendimento na rede pública de saúde, o Clude pode ajudá-lo.

Ao contratar o cartão de saúde 360°, você obtém desconto em procedimentos médicos, exames, medicamentos, cirurgias e consultas. Portanto, se você precisa realizar uma consulta com gastroenterologia, conte com o Clude!