Dados de uma pesquisa promovida pela Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia (Febrasgo) e pelo Datafolha apontam que 5,6 milhões de brasileiras não têm o costume de marcar consultas com o ginecologista. 

Além disso, 4 milhões delas nunca tiveram o atendimento desse profissional, enquanto outras 16,2 milhões não fazem uma visita ao consultório por mais de um ano.

Esses números são preocupantes, mas não podem ser creditados apenas à negligência das mulheres, que, em sua maioria, sabem da importância da ginecologia. Para aquelas que não têm planos de saúde, pode ser financeiramente inviável realizar consultas regulares com o ginecologista. 

Por isso, neste artigo, falaremos não só sobre a importância de marcar uma consulta com esse especialista no momento certo, mas também sobre opções que as mulheres têm na hora de encontrar um ginecologista a preço popular. Acompanhe a leitura. 

O que faz um ginecologista? 

Um médico especialista na ginecologia é capaz de trabalhar na prevenção, diagnóstico e tratamento de diversas doenças relacionadas ao aparelho reprodutor feminino, considerando o útero, os ovários, as trompas e a vagina. Além disso, a ginecologia também abrange o cuidado com as mamas. 

Não é um exagero, portanto, afirmar que essa é uma das especialidades médicas mais essenciais para a saúde da mulher.

Quando devo marcar uma consulta com um ginecologista? 

O ideal é que mulheres e pré-adolescentes tenham sua primeira consulta após iniciarem o seu ciclo menstrual e antes de iniciar sua vida sexual. Essa é uma fase importante na vida de qualquer mulher e uma consulta com um médico ginecologista pode ser muito útil para sanar dúvidas e prevenir futuros problemas. 

A atuação de um ginecologista, no entanto, não se limita apenas às mulheres jovens, mas vai muito além desse âmbito. Essa é uma especialidade médica que deve acompanhar a mulher por toda a sua vida, mesmo após a menopausa.

Ainda que não haja nenhum sintoma ou quadro a ser tratado, uma consulta de rotina deve fazer parte do planejamento de exames anual. Existem, entretanto, alguns fatores que indicam que você deve marcar uma consulta extra. São eles: 

  • Ciclo menstrual desregulado ou intenso;
  • Sangramentos ao urinar;
  • Cólicas acentuadas;
  • Planejamento de gravidez;
  • Início de um novo método contraceptivo;
  • Corrimento anormal.

Quais os principais procedimentos que um ginecologista pode realizar?

Antes da primeira menstruação, é comum que exames no abdômen, seios e na parte externa da região pélvica sejam realizados. Esses procedimentos têm o objetivo de conferir a formação de caroços ou anomalias na região e tais quadros devem ser acompanhados. 

Após o início da vida sexual, é imperativo que exames sejam feitos regularmente a fim de identificar doenças sexualmente transmissíveis, quantidade de corrimento e acompanhar o uso de métodos contraceptivos. 

Além disso, ginecologistas também podem aplicar a vacina contra o Papilomavírus Humano (HPV), um vírus transmissível pelo contato com mucosas. O HPV pode causar a formação de verrugas e levar ao desenvolvimento de câncer.

Dentre os procedimentos mais comuns ao ginecologista, destacam-se:

  • Exame pélvico;
  • Papanicolau;
  • Encaminhamento para exame de mama;
  • Solicitação de exames laboratoriais; 
  • Orientação sobre contraceptivos e prevenção de ISTs;

Onde encontrar ginecologista a preço popular?

Realizar consultas regulares em clínicas particulares, mesmo que anualmente, pode pesar no orçamento. Enquanto isso, serviços públicos têm filas de espera desanimadoras. Então, qual a alternativa para quem não tem plano de saúde? 

O Clude é uma plataforma voltada para à medicina preventiva que oferece o acesso a consultas a preços exclusivos. Em nossa plataforma, você poderá marcar consultas com um ginecologista a preço popular a qualquer momento por meio do aplicativo. 

Assinantes do Clude têm acesso a orientação médica 24 horas, todos os dias, por meio da telemedicina. Além disso, nossos clientes têm acesso a uma rede de descontos e benefícios em mais de 26.000 farmácias e 4.200 restaurantes e estabelecimentos por todo o Brasil.

Acesse nosso site e saiba como você pode começar a cuidar de sua saúde íntima de maneira descomplicada.