Com o dia a dia de trabalho cada vez mais estressante e desafiador, as doenças ocupacionais acabam ganhando espaço. Infelizmente, muitas pessoas sofrem as consequências de trabalharem em locais estressantes, sem equipamentos de proteção e pouco ergonômicos. Com isso, a solução mais adequada se torna contar com programas de saúde que disponibilizam consultas presenciais e teleatendimento médico.

Veja neste post quais são as principais doenças ocupacionais, como preveni-las e conheça uma alternativa para quem não tem plano de saúde. Acompanhe! 

Saiba mais: Conheça a alternativa ideal ao plano de saúde online

Principais doenças ocupacionais

As doenças ocupacionais são comumente citadas como as causas de baixo desempenho no trabalho ou até mesmo do afastamento das atividades. Em alguns casos esse tipo de doença pode até levar à aposentadoria por invalidez. Veja quais são as principais doenças ocupacionais que afetam os brasileiros:

Lesão por esforço repetitivo ou distúrbios osteomusculares relacionados ao trabalho

A lesão por esforço repetitivo (LER) é uma síndrome que se constitui por mais de uma doença, como tendinite, bursite, epicondilite e tenossinovite. Essas doenças afetam os tendões, os músculos e até mesmo os nervos do corpo especialmente nos membros superiores, causando inflamações e dores fortes. 

O tratamento é feito com anti-inflamatórios, repouso e, em alguns casos, podem ser recomendadas cirurgias ou fisioterapias.

Surdez temporária ou definitiva

A surdez é um problema recorrente em ambientes de trabalho que não contam com os equipamentos de proteção individuais (EPIs) adequados. A perda da audição pode ocorrer de forma gradual e lenta, fazendo com que o tratamento seja ainda mais complexo. Os sintomas são perda auditiva, intolerância a sons altos e zumbido no ouvido. Ainda não há um tratamento para essa doença, de modo que a prevenção é a melhor alternativa.

Síndrome de burnout

A síndrome de burnout é causada pelo estresse crônico especialmente em ambientes de trabalho que exigem atenção integral e em que os profissionais são expostos a muita pressão por parte de clientes, chefes, colegas e projetos. Os principais sintomas são fadiga mental, dor de estômago, irritabilidade e ansiedade. O tratamento é feito por meio do atendimento com psicólogos e psiquiatras.

Dorsalgias

Por fim, as dorsalgias são as doenças que afetam músculos, nervos, articulações, ossos, entre outras estruturas ligadas à coluna vertebral. Essa doença pode se manifestar de forma aguda, subaguda e crônica, sendo que os casos crônicos são os que duram períodos maiores. Os sintomas são fraqueza, dores, dormência e rigidez nas costas e falta de ar. O tratamento pode ser feito com medicamentos, repouso e intervenção cirúrgica se for preciso.

Prevenção das doenças ocupacionais

Existem muitas formas de prevenir as doenças ocupacionais, como o fornecimento de EPIs. Os equipamentos devem ser entregues aos profissionais em conjunto com um treinamento sobre a utilização correta de cada um deles.

Além disso, um ambiente saudável e ergonômico favorece muito a prevenção desse tipo de doença especialmente no que tange às dorsalgias e à lesão por esforço repetitivo ou distúrbios osteomusculares relacionados ao trabalho. Cadeiras e uniformes confortáveis e computadores na altura adequada para cada profissional ajudam muito.

Por fim, um ambiente livre de estresse e cobranças em demasia também permite que o risco de doenças psicológicas sejam diminuídos. Condições como a síndrome de burnout e até mesmo ansiedade e depressão podem ser evitadas em um ambiente de trabalho produtivo e ao mesmo tempo tranquilo para os profissionais.

Busca por atendimento médico

É muito importante contar com um atendimento médico adequado no caso de qualquer sintoma ou diagnóstico apresentado neste post. O médico pode avaliar o estado geral do paciente e diagnosticar precocemente as doenças ocupacionais, fazendo com que a situação seja revertida antes que ocorram danos mais graves. 

O médico também pode recomendar o tratamento adequado para todas as patologias ocupacionais, fazendo com que os sintomas e as consequências das doenças sejam diminuídos.

As consultas podem ser feitas de forma presencial ou por meio da telemedicina. As teleconsultas estão cada vez mais procuradas principalmente por conta da pandemia e oferecem agilidade, praticidade e conforto para os pacientes.

Veja como funciona o Clude

O Clude é uma alternativa ao plano de saúde online para quem possui ou quer prevenir doenças ocupacionais. Por meio da plataforma você tem acesso a médicos de diversas especialidades via teleconsultas ou consultas presenciais. Além disso, o Clude conta com uma rede completa com descontos em exames, vacinas, cirurgias e consultas. Entre no site do Clude e conheça todos os serviços e programas de saúde oferecidos.

Veja ainda: Consulta médica no horário de trabalho: quais são os direitos do funcionário?