A busca por atendimento psiquiátrico e psicológico é cada vez mais importante na vida das pessoas. Com os índices de ansiedade e depressão nas alturas, muitas vezes, esses profissionais são os únicos que podem ajudar seus pacientes a encontrarem a cura para as mais diversas doenças que acometem a mente humana.

Porém, a grande questão é saber se a procura deve ser pelo psiquiatra ou pelo psicólogo. Existem casos em que apenas um dos profissionais é suficiente para que o paciente encontre o tratamento adequado para o seu problema. No entanto, alguns casos necessitam de uma atuação mais abrangente, que contemple os dois profissionais. 

A seguir, veja a diferença entre psicólogo e psiquiatra. Acompanhe!

Áreas de atuação do psicólogo e do psiquiatra

Existem diversas áreas de atuação tanto para o psicólogo quanto para o psiquiatra. Os psicólogos normalmente trabalham em consultórios próprios, mas também podem atuar em empresas, escolas e hospitais. Além disso, é possível contar com o trabalho do psicólogo em situações de orientação vocacional e em diversos tipos de instituições voltadas ao ramo da saúde.

Já o psiquiatra tem uma atuação um pouco diferente. A natureza dessa profissão, tão importante na área médica, permite que o serviço psiquiátrico seja melhor utilizado em clínicas médicas especializadas em psiquiatria ou em alas psiquiátricas de hospitais.

Quais são as diferenças entre eles?

A grande diferença entre psicólogo e psiquiatra é que o primeiro atua com o tratamento de pacientes, buscando o autoconhecimento para alcançar uma melhora em sua vida, não podendo prescrever medicamentos ou fazer diagnósticos de doenças psiquiátricas. 

Seu trabalho é muito mais voltado a dinâmicas, conversas e reflexões a respeito da vida atual do paciente (terapia cognitiva) e ao que o levou a chegar ao ponto em que está (psicanálise).

Veja ainda: Quanto tempo dura a terapia com um psicólogo?

Por outro lado, o psiquiatra atua com o diagnóstico de doenças psiquiátricas. Ele recebe o paciente e pode tratar questões como depressão, síndrome do pânico, esquizofrenia, entre outras, prescrevendo orientações medicamentosas para o paciente quando necessário.

É importante destacar outra diferença entre psicólogo e psiquiatra. O psicólogo conta com a graduação no curso de psicologia, enquanto o psiquiatra tem graduação em medicina e precisa passar por uma residência em psiquiatria para ser considerado um médico psiquiatra.

Como saber qual profissional escolher?

Para escolher entre os dois profissionais, é preciso verificar o tipo de problema que acomete o paciente. Enquanto o psicólogo é o mais indicado para tratar questões familiares, orientação vocacional, luto, decisões, formação de hábitos e autoconhecimento, o psiquiatra é o único indicado para tratar doenças mentais. Dessa forma, caso exista uma patologia a ser tratada, o profissional mais indicado é o psiquiatra.

Aqui, vale ressaltar que a união desses dois profissionais em tratamentos de doenças faz com que todo o processo aconteça de maneira mais fluida e eficaz. Dessa forma, quem precisa de um psiquiatra pode procurar um psicólogo ao mesmo tempo e fazer um tratamento conjunto.

Importância de marcar uma consulta com esses profissionais

A importância de fazer consultas com esses profissionais tem a ver com a saúde mental. O psicólogo ajuda o paciente a se entender melhor e, a partir disso, tomar melhores decisões de vida, fazendo com que sejam percebidas melhorias em sua vida prática.

A importância do psiquiatra reside no fato de que ele deve se atentar para o lado biológico e fisiológico da mente, prescrevendo tratamentos, realizando diagnósticos e ajudando a tratar doenças. Quem possui uma doença relacionada à mente deve, em 100% das vezes, procurar um psiquiatra para encontrar melhorias efetivas em seu quadro.

Você conhece a plataforma do Clude?

O Clude é a melhor alternativa aos planos de saúde. Se você não pode ou não tem interesse em pagar altas mensalidades de planos de saúde e ainda assim precisa de um psiquiatra ou psicólogo barato, saiba que o Clude pode te ajudar! Você pode marcar consultas por vídeo para garantir a sua segurança e praticidade em um atendimento médico ou psicológico.

Saiba mais: Quando é importante procurar um psicólogo?