atividades-para-fazer-em-casa
Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp

Atividades para se divertir em casa

Seja por falta de orçamento ou tempo, passar alguns dias em casa sem poder sair parece desafiador. Apesar disso, há muitas possibilidades a serem exploradas para curtir esse momento de um jeito divertido e inesquecível.

Ficar mais tempo junto do seu pequeno, por exemplo, é uma ótima oportunidade para compartilhar deliciosos e divertidos momentos, estreitando ainda mais os laços com ele. Mesmo que os dias sejam corridos, devido à rotina, aproveitar para ficar um pouco mais com as crianças é essencial, pois participar da vida deles e descobrir coisas novas juntos será muito valioso para vocês. 

Crie o hábito de ficar algumas horas por dia com seus filhos, aproveite os finais de semana e transforme cada momento em algo produtivo e especial. Caso você passe o dia fora ou até trabalhando em casa, a ligação entre vocês pode continuar, mesmo sem brincar juntos. Se você se liberar, possivelmente conseguirá estar por perto nos minutos de intervalo, em ideias que podem ter sido programadas antes e em conversas e trocas quando voltar.

O primeiro passo é: organizar um cronograma semanal

Ter um roteiro minimamente estruturado ajuda bastante, tanto a família, na hora de cuidar das crianças, quanto elas próprias, para aproveitar melhor o tempo.  Organizar um cronograma semanal pode parecer uma atividade burocrática e pouco interessante para as crianças, mas na verdade, é um primeiro passo bastante útil e significativo.

Isso vai fazer com que os dias sejam mais aproveitados, reduzindo as chances da criança não saber o que fazer e se entediar. Para a família, o roteiro ajuda a organizar quem pode ser responsável por acompanhar as atividades, de modo adequado para todos.

Confira algumas atividades para fazerem juntos: 

Cozinhar: seja um grande chef

Pode parecer algo simples, mas fazendo de uma maneira diferente essa atividade pode conquistar o coração das crianças. Reunir a família toda na cozinha e preparar seus pratos favoritos juntos pode ser uma maneira divertida de passar o tempo. Comecem pelas receitas mais simples e depois usem a imaginação para criar e ousar. Além disso, o momento também pode ser de aprendizagem, para você ensinar o nome dos alimentos, quantidades, cores, texturas e sabores.

Não se esqueça: facas, garfos e outros objetos cortantes devem estar bem longe das crianças!

Karaokê: seja um ídolo pop por um dia

É hora de soltar a voz e cantar suas músicas favoritas! O karaokê é uma solução divertida para entreter a família toda e sair do tédio. Se você não conseguir um microfone de verdade, não tem problema: improvise com garrafas, embalagem de shampoo ou até mesmo com o controle da televisão. O importante é soltar a imaginação e a voz. Aqui também vale até se vestir como um ídolo pop. Que tal usar a criatividade e fazer um festival? As crianças irão amar!

Para melhorar ainda mais, dançar faz bem para o corpo, para a alma e é uma ótima forma de curtir uma noite em família. Afaste os móveis para abrir espaço, crie uma playlist com músicas bem animadas e dançantes e se jogue na pista. Para ficar ainda melhor, coloque luzes coloridas ou piscantes no cômodo escolhido para fazer a festa.

Cinema em casa

Reúna todo mundo na sala e faça sessões de cinema com direito a muita pipoca, sucos e guloseimas gostosas. Monte uma lista com os filmes que cada um gosta e organize entre os dias, assim dá tempo de assistir tudo e agradar a todos.

Criar brinquedos

Reutilize materiais, use da imaginação para confeccionar brinquedos novos e divertidos. Essa é uma ótima opção para passar o tempo e também para incentivar as crianças a criarem com suas próprias mãos. E como falamos, toda atividade pode servir de aprendizado, afinal, não tem melhor forma de ensinar as crianças do que brincando!

Crie obras de arte 

Desenhos, pinturas, colagens… tudo é possível para fazer arte! Use o tempo livre em casa para deixar a criatividade tomar conta e criem juntos verdadeiras obras-primas. Vale usar todos os tipos de materiais: lápis de cor, giz, tintas, papéis coloridos e muito mais.

Exposição de artes

Em geral, as crianças adoram desenhar e brincar com materiais de artes. Uma boa ideia para passar o tempo e investir no desenvolvimento infantil é apostar em atividades que envolvam pinturas, desenhos, modelagem com massinha, entre outras.

O ideal é que os pequenos fiquem à vontade para criar no seu tempo. Por isso, uma boa ideia para um evento especial é combinar uma data para reunir todos os trabalhos do seu filho para que ele faça uma exposição de artes. O tempo para planejar essa missão pode variar conforme o interesse e a ansiedade da criança em mostrar os seus trabalhos. Uma ou duas semanas parece razoável para que ela consiga produzir algumas obras e não perca o interesse na exposição.

Você pode convidar familiares para conferir os trabalhos ou fazer uma chamada de vídeo. Outra boa ideia é pedir que a criança dedique os trabalhos às pessoas queridas para ela.

Caça ao tesouro

Esconda objetos por toda a casa ou pelo quintal e faça uma caça ao tesouro com as crianças. A recompensa para quem encontrar mais itens pode ser uma comida gostosa ou a possibilidade de escolher a próxima atividade que vocês vão realizar.

Dia da faxina

Ajudar nas tarefas domésticas é muito importante para o desenvolvimento do seu pequeno. Então, que tal unir o útil ao agradável e transformar o momento da faxina em pura diversão? Vale colocar música, fazer brincadeiras enquanto deixam tudo bem limpinho e realizar missões, por exemplo, quem guardar as coisas mais rápido, ajudam a estimular a brincadeira.

Alguns exemplos são:

  • ajudar a varrer o chão;
  • arrumar a cama;
  • lavar a louça;
  • levar o lixo para fora;
  • encher as garrafas de água;
  • colocar as roupas dentro da máquina de lavar;
  • recolher as roupas do varal;
  • passar um pano nos móveis;
  • verificar se tem alimentos vencidos nos armários;
  • organizar os brinquedos no final do dia;
  • recolher objetos espalhados.
Tirem fotos

Que tal uma sessão de fotos? Pode ser em casa ou durante algum passeio. Essa é uma ótima maneira de registrar os momentos juntos e colecionar memórias.

Desacelere

É comum que as crianças queiram aproveitar ao máximo: brincar, correr no parque ou dentro de casa, pular corda, ver TV ou passear. Mas é preciso que o sossego e o descanso sejam respeitados também. Encher os pequenos de atividades pode ter um efeito inverso do desejado pois em vez de proporcionar prazer e aprendizado, muitas atividades podem sobrecarregar, estressar e deixá-las desanimadas.

Por isso, uma boa maneira de lidar com a ansiedade, tédio ou agitação dentro de casa é combinar atividades relaxantes. Há diversos tipos e vale testar cada um para ver qual a criança melhor se adapta. Além de ser ótimo para a ansiedade e agitação, as atividades a seguir ajudam os pequenos a conhecer melhor a si mesmo, lidar com emoções, criar empatia e ter mais paciência:

  • Jardinagem: plantar, pegar na terra, regar plantas e vê-las nascer é extremamente benéfico às crianças, pois as coloca em contato com a natureza;
  • Meditação, relaxamento ou alongamento: a ideia não é que a criança faça a mesma atividade que um adulto, mas sim que seja inserida em um ambiente com atividades que relaxam, que trabalham um pouco do condicionamento físico (como alongamento) e que propiciem um momento de quietude;
  • Montar uma playlist tranquila: mostre diversas músicas para a criança e peça para que ela escolha aquelas que se sente mais relaxada. Nem sempre é fácil para o pequeno identificar, por isso, experimente tocar a música com ele deitado em um ambiente calmo e escuro. Assim, ele pode avisar quais sons a deixam melhor.
Faça dias temáticos

A criançada adora mesmo é coisa divertida e que tal ter um dia definido por temas como, por exemplo, dia do azul, dia vermelho, dia do pijama e dia do contrário.

Jogos de tabuleiros

E claro, dentro dos melhores jogos de família, não poderíamos deixar de mencionar os tradicionais jogos de tabuleiro, que ainda hoje são perfeitos para animar qualquer noite. Existem muitas opções, desde as mais clássicas até as mais originais.

Árvore dos desejos

Aproveitando a época de dezembro, por exemplo, o Natal é uma data comemorativa que traz uma série de sentimentos e a ideia de que os desejos podem ser realizados no ano novo é muito marcante. Por isso, nada melhor do que incentivar a esperança e a renovação nos pequenos, criando um lugar onde eles possam expressar seus desejos para o próximo ano, seja em forma de desenho, escrita ou pinturas. O importante é dar o livre arbítrio da imaginação!

Escrever o próprio livro

Uma das melhores maneiras de engajar as crianças é permitindo que elas experimentem e façam as coisas sozinhas. Por isso, um caminho para incentivar o interesse pela leitura é transformá-las em autoras de suas próprias histórias e escrevendo seus próprios livros.  Se a criança ainda não for alfabetizada, ela pode fazer por meio de desenhos.

Racione o uso dos dispositivos eletrônicos

Se o tablet e o celular estão disponíveis para uso a todo momento, é muito difícil desconectar as crianças da tecnologia. Sabemos que muitas vezes é difícil resistir às belas carinhas “pidonas” que parecem implorar para jogar ou assistir algum desenho. No entanto, você, pai, mãe ou responsável, deve ser um mediador para que a tecnologia seja utilizada de forma saudável. Por isso, estabeleça horários certos para o uso do celular ou tablet pelos pequenos. Assim sobra tempo de qualidade para que você e os pequenos possam curtir com tranquilidade, de corpo e alma, momentos ainda mais felizes e saudáveis.

Era uma vez: soltando a imaginação

Que tal criar histórias únicas com seus filhos? Com essa brincadeira é possível, e nada além da imaginação é necessário. Você pode começar a contar uma história e falar durante um minuto e, quando o tempo terminar, outra pessoa começa de onde você parou. E assim, segue até que todos já tenham acrescentado suas ideias. Só isso pode ser muito divertido, mas se você quiser transformar a brincadeira e arrancar boas risadas de todo mundo, pode separar previamente alguns acessórios e, quando algum for mostrado, quem estiver contando a história tem que encaixá-lo de alguma forma na narrativa.

Brincando de mímica

Atemporal, a mímica está entre as atividades para crianças mais clássicas de todos os tempos e tem diversas formas de brincar. Pode-se fazer um sorteio de temas ou inventar na hora. Pode ser em times, uma pessoa para fazer as mímicas e a equipe que acertar primeiro ganha. Ou pode ser por rodadas e cada pessoa joga sozinha, quem conseguir fazer mais pontos é o vencedor. O importante é que todos se divirtam! Brincadeiras em casa, como essa, ainda fazem com que as crianças precisem interpretar, ajudando no desenvolvimento dessa capacidade.

Gincana das cores e texturas

Solicitar à(s) criança(s) objetos com características específicas, aumentando gradativamente o grau de dificuldade conforme a faixa etária. Por exemplo: procure um brinquedo amarelo, um doce mole, algo salgado, um objeto diferente, dois objetos iguais, etc.

Cápsula do tempo

Solicite que a criança ou o adolescente escreva uma carta para si mesmo no futuro, sobre como se sente no momento presente e como se vê daqui a algum tempo. Depois, guarde essa carta em uma caixa lacrada para ser aberta no tempo estipulado. O ideal é que o adulto participe também. Podem colocar fotos atuais para rever anos depois quando abrirem juntos a caixa e assim terem boas recordações.

Lições de desapego

Nesse período em que as crianças estão em casa, tendo mais contato com os brinquedos, é ótimo para você introduzir algumas lições sobre desapego. Converse com seu filho sobre as peças que ele não costuma mais usar. Explique que outras crianças poderiam brincar com aqueles brinquedos e ensine a importância da doação.

Dia do nada: deixe fluir o livre brincar

A imaginação é, sem dúvida, uma das maiores potências infantis! E a brincadeira, além de fazer parte da infância, é sobretudo, uma ponte entre a criança e o mundo ao redor. Mas isso não significa que é preciso diversos brinquedos novos a toda hora para isso acontecer. Na verdade, é bem o contrário: o excesso de estímulos e objetos impede a brincadeira criativa de fluir. É por isso que é tão importante brincar livre, ou seja, deixar as crianças se divertirem como sua imaginação guiar, seja correndo, subindo em árvores ou até mesmo transformando uma colher de pau em uma varinha mágica. Essas brincadeiras são importantes para os pequenos e esses momentos são perfeitos para deixar sua imaginação fluir.

Estilize roupas

Uma sugestão é brincar de fazer tie-dye (camisetas hippies cheias de cores) ou personalizar uma camiseta branca com cola de tecido, mas se a graça é brincar de fazer. Pode-se criar roupas com jornais, tecidos, caixas e o que mais a criatividade permitir. Depois faça um desfile e aproveite as criações!

Interagir com plantas e animais

Além de ser divertido, favorece aprendizagens importantes. As plantas são seres vivos e é preciso responsabilidade no cuidado para com elas: não se pode esquecer de regá-las com a frequência e mantê-las ao sol ou à sombra, a depender da espécie. Algumas plantas são também alimentos e cultivá-las pode instigar que sejam consumidas pela criança. No caso dos animais, reconhecê-los também como seres vivos pode favorecer a construção de relações de amizade, carinho, respeito e responsabilidade. Além disso, vale aprender um pouco mais sobre cada ser vivo, em que são semelhantes ou diferentes de nós.

Desenho de observação

Precisa que seu filho fique sentado por algum tempo enquanto você termina uma atividade de trabalho, por exemplo? Escolham juntos um objeto para ele brincar de desenho de observação. Essa atividade estimula o foco e a atenção aos detalhes, além da coordenação motora.

Essas são apenas algumas dicas super divertidas para você realizar com alguma criança. Lembre-se que esse tempo de qualidade é valioso e muito necessário para o desenvolvimento do pequeno, além de estreitar ainda mais o laço entre vocês.

O Help Kids é uma área exclusiva do Clude para que você e seus filhos interajam com muito autoconhecimento. Tenha acesso à atividades e conteúdos exclusivos, além de atendimento com psicólogos.

 

*Atenção: As informações existentes no Blog do Clude pretendem apoiar e informar, não substituindo a consulta médica. Não deixe de procurar ajuda profissional.

Ariane Genova

Ariane Genova

Ariane Genova, casada e mamãe do Miguel. É curiosa e pega as coisas rápido! Marqueteira que curte muito o mundo digital, é analista de mídias sociais no Clude, cuidando das redes sociais e endomarketing. Se aventura no mundo geek e se comunica com a empresa toda.
Clude ©  2022. Todos os direitos reservados.